Gaúcho na churrascaria…

maio 6, 2007

O gaúcho chegou na churrascaria falando o seguinte pro garçom:
– Bah, sabes de uma coisa, eu conheço a carne só de sentir o cheiro do facão!
O garçom olhou desconfiado e perguntou – Cara, você está querendo me zuar?.
O gaúcho falou que não e explicou que era especialista nisso, foi quando o garçom disse:
– Vou trazer aqui um facão então.
O garçom foi lá dentro correndo, pegou o facão passou numa Picanha que estava na churrasqueira e voltou.
– Cheira ae!!! – Disse o garçom desconfiado.
– Bahh, hmmmm… perae, hmmmmm… Isso é Picanha!! – Disse o gaúcho com toda certeza.
O garçom ficou bolado, voltou lá dentro passou numa Maminha e voltou.
– Cheira essa ai então, mané!! – Disse novamente o garçom.
– Bah, hmmmm… bah hmmmm… hmmmm… Isso é Maminha!!! – Disse o gaúcho enfático.
O garçom ficou mais bolado ainda com o Gaúcho correu lá dentro e disse sozinho – “Vou sacanear esse gaúcho agora!!!”.
Quando ele chegou na cozinha, ele gritou:
– Ooo Vanderlei, passa seu pirú nesse facão! Rápido!
Vanderlei sem exitar, passou o pirú no facão. O garçom saiu correndo de novo, chegou pro Gaúcho e falou rindo:
– Cheira agora então!!!
O Gaúcho pegou o facão colocou perto do nariz e disse:
– Bahhh! O Vanderlei trabalha aqui!!!


Piadas: Joãozinho e o prazer…

março 28, 2007

Joãozinho está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada…
– Pai, quem são aquelas senhoras?
O pai meio embaraçado, responde:
– Não interessa filho… Olha antes para esta loja….Já viu os lindos brinquedos que tem?
– Sim, sim, já vi. Mas… quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas?
– São… são… São senhoras que vendem na rua.
– Ah sim?! Mas vendem o quê?? – pergunta admirado o garoto.
– Vendem… vendem…. Sei lá… vendem um pouco de prazer.
O garoto começa a refletir sobre o que o pai lhe disse, e quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer.
Estava com sorte! Podia comprar 50 reais de prazer!
No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:
– Desculpe, minha senhora, mas pode-me vender 50 reais de prazer, por favor?
A mulher fica admirada, e por momentos não sabe o que dizer, mas como a vida está difícil, ela aceita, porém como não dava para transar com o garotinho, leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas de morangos. Já era tarde quando o garoto chega em casa.
O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:
– Fui ver uma das senhoras que nós vimos ontem, para comprar um pouco de prazer!
O pai fica amarelo: – E… e então… como é que se passou?
– Bom, as quatro primeiras não tive dificuldade em comer… a quinta levei quase uma hora e a sexta foi com muito sacrifício, tive quase que empurrar para dentro com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final
estava todo lambuzado melequei todo o chão e a senhora me convidou para voltar amanhã, posso ir?
O pai cai de costas…


Provando a morte

março 15, 2007

São Pedro estava recebendo os mortos.
– Você morreu do que, meu filho?
– De labirintite.
– Então prova.
O cara deu um tapa na orelha, e a outra caiu.
São Pedro diz:
– Pode entrar.
Chegou outra pessoa.
– E você, meu filho, morreu do que?
– De tuberculose.
-Então prova.
O cara tussiu e saiu todo aquele catarrão.
São Pedro diz:
– Pode entrar, pode entrar.
Chega outro cara.
– E você, morreu do que?
– De fome São Pedro, de fome.
-Então prova.
O cara pegou a orelha, passou no catarro e comeu.

e saiu todo aquele catarrão. São Pedro diz: – Pode entrar, pode entrar. Chega outro cara. – E você, morreu do que? – De fome São Pedro, de fome. -Então prova. O cara pegou a orelha, passou no catarro e comeu.


Muito Melhor…

março 13, 2007

Um sujeito comenta com um colega de trabalho.
— Já viu a nossa nova colega, aquela loura boazuda? Pois bem, ontem eu disse à minha mulher que ia com você lá pro clube. Mas eu fui é prum motel com a loura. Vou te dizer uma coisa: nunca vi uma garota assim. Na cama, ela é muito melhor do que a minha mulher.

Dias depois, os amigos se encontram e o outro fala:

— É aquilo mesmo que você falou: a loura é muito melhor…


Piadas: Três amigos

fevereiro 10, 2007

Três amigos foram acampar. Como a barraca era bem pequena, eles teriam que dormir bem juntos, no mesmo colchão e com o mesmo cobertor. Só que um dos amigos tinha um puta mau hálito, um bafo do tipo “mata urubu”. Então um deles fez a seguinte proposta:
– Ô Bafinho, vamos fazer assim, quando você precisar falar alguma coisa, você bate palmas que a gente se esconde debaixo do cobertor para se proteger do seu bafo, falô?
Bafinho balançou a cabeça concordando. Quando já estavam os três devidamente cobertos e preparados para
dormir, Bafinho bate palmas e os dois amigos, rapidamente, cobrem suas cabeças.
– Pode falar…
– Peidei!